Boas Novas 

Alice no País das Maravilhas abre Festival de Teatro Infantil “Era uma vez…eram duas, eram três”

Apresentações acontecem nos dias 11 e 12 de novembro, às 16h, no Teatro Bom Jesus

 

Alice, o Coelho, o Chapeleiro Maluco e a Rainha das Histórias sobem ao palco do Teatro Bom Jesus nos dias 11 e 12 de novembro para a estreia da segunda edição do Festival de Teatro Infantil “Era uma vez…eram duas, eram três”. Inspirado na obra literária nonsense de Lewis Carroll, o espetáculo “Alice no País das Maravilhas” ganha uma versão abrasileirada pela Cia do Abração, com direção de Letícia Guimarães e dramaturgia de Edson Bueno. Toda a renda arrecadada na bilheteria será revertida ao Hospital Pequeno Príncipe, instituição beneficiada pelo projeto.

 

Na adaptação, Alice – uma menina inquieta e ávida por novas aventuras – dorme no meio de uma entediante história contada por sua irmã. E então, em seu sonho, embarca em uma grande viagem de fantasia. “Através desta releitura, procuramos ressaltar temas como a construção da identidade e o caminho a se trilhar em busca da liberdade de expressão e pensamento, para possibilitar a renovação e recriação de nossas histórias, sempre em busca de novas narrativas”, explica Letícia Guimarães, diretora da peça.

 

Durante sua aventura, Alice encontra belas e estranhas criaturas. Uma delas é o Coelho, que carrega – como um tesouro – novos pensamentos, que nada mais são do que histórias que a menina nunca havia escutado ou lido. Mas a Rainha das Histórias não admite esses novos pensamentos e manda recolher e encaixotar todos eles. Mas Alice tem tanta criatividade que a Rainha Retrógrada é vencida e aquele mundinho chato e conservador é inundado por uma incrível sensação de liberdade.

 

Outra surpresa do espetáculo é o cenário, composto por paisagens que se movimentam a cada cena, criadas pelo artista plástico Élio Chaves e por Blas Torres. Já a trilha musical é uma homenagem à música brasileira, com referências a uma época de psicodelia e tropicalismo. Poemas do poeta curitibano Paulo Leminski foram adaptados e inseridos no diálogo dos personagens. “O espetáculo é carregado de mágica e surpreende os olhos dos espectadores, agradando crianças de todas as idades”, afirma Letícia.  A programação do Festival tem sequência com a peça “Os Três Mosqueteiros”, nos dias 16 e 17 de dezembro.

 

Ficha técnica

Direção: Letícia Guimarães

Dramaturgia: Letícia Guimarães e Edson Bueno

Cenografia: Blas Torres e Élio Chaves

Iluminação: Blas Torres

Figurinos: Rayssa Gualberto e Fabio Flores

Fotografia: Isabelle Neri

Sonoplastia, composição e direção musical: Alysson Siqueira

Elenco: Ana Sercunvius, Juliana Cordeiro, Kamila Ferrazzi e Giovana de Liz

Produção: Céu Vermelho em parceria com a Cia. do Abração

Direção geral do Festival: Carolina Montenegro 

Produção Executiva do Festival: Silvia Yokoyama 

Produção Técnica do Festival: Filipe Castro 

Assistentes de produção do Festival: Camila Guanabara e Odete Montenegro 

Fotografia: Renata Peterlini

Vídeo: Fabrizio Rosa

Criação de Arte: Editorial Design

Assessoria de Imprensa: IEME Comunicação

Realização: Montenegro Produções Culturais e Ministério da Cultura

 

Festival “Era uma vez…eram duas, eram três”

Peça – Alice no País das Maravilhas

Data: 11 e 12 de novembro, sábado e domingo

Horário: 16h

Tempo de espetáculo: 50 minutos

Local: Teatro Bom Jesus – Rua 24 de maio, 135 – Centro

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada)

Classificação: Livre – Indicada para todas as idades

Comente