Boas Novas 

Curitiba será palco da primeira conversa sobre arte

Referências do cenário cultural nacional e internacional como Fernando Meireles, Ronaldo Fraga, Bob Wolfson e OSGÊMEOS, desembarcam em Curitiba para troca de experiências e inspirações sobre a promoção, formação e o fomento da cultura no país

 

CURITIBA, 03/06/15 – Entre os meses de julho e novembro, a Montenegro Produções Culturais, com o apoio do Hospital Pequeno Príncipe e Gazeta do Povo, por meio do Ministério da Cultura e incentivo da Lei Rouanet, transformam Curitiba em um grande palco de conversas sobre a arte. A primeira edição do Conversarte, que tem como linhas temáticas grafite, ilustração, quadrinhos, cinema, fotografia e design, traz referências internacionais da cena para troca de experiências, ideias e inspirações, promovendo encontros multiartes que reúnem em sua programação bate-papos, exposições de arte e oficinas criativas.

 

Com o princípio de criar um olhar crítico e sensível, além do desenvolvimento do gosto pela arte, explorando as possibilidades de expressão e interpretação da diversidade cultural, uma das principais atividades do Conversarte apresenta ao público exposições dos artistas paranaenses André Coelho, Guilherme Zawa, Nicole Gulin, Rafael Urban e Thiago Syen com curadoria de Tom Lisboa e Hugo Umberto, que inauguram no foyer do Teatro Bom Jesus e depois migram ao Hospital Pequeno Príncipe. “A iniciativa busca o envolvimento da cena paranaense na representação artística, incentivando o fomento e a troca de experiências. A curadoria teve o cuidado de selecionar artistas que tenham trabalho referência nas áreas propostas pelo projeto”, destaca Carolina Montenegro, diretora da Montenegro Produções Culturais.

 

E com a proposta de incentivar a convergência das manifestações artísticas de diferentes frentes, serão realizados encontros inéditos com convidados de reconhecimento nacional e internacional, como os cineastas Fernando Meirelles e Marcos Magalhães,  que palestram sobre “Produção audiovisual contemporânea”; o estilista Ronaldo Fraga e os artistas visuais OSGEMEOS discorrem sobre o tema: “Enredo Brasil: folclore, lendas e cotidiano no retrato da arte”; os fotógrafos Walter Firmo e  Bob Wolfenson, que falam sobre “A fotografia como expressão artística e experiência estética”; os artistas visuais Leandro Erlich e (…) conversam sobre: “Percepção e perspectiva: a ressignificação do olhar”; e sob o tema “Expressionismo: a visão do artista na impressão do cotidiano”, o artista gráfico e jornalista Elifas Andreato, juntamente com o ilustrador Ziraldo, comandam a palestra que abre o evento no dia 16 de julho.

 

Para completar a programação, no período de 15 de setembro a 6 de outubro, o Hospital Pequeno Príncipe receberá oficinas de produção artística dentro das temáticas: grafite, ilustração, quadrinhos, cinema, fotografia e design, ministradas por especialistas locais e exclusivas as crianças em tratamento. “O evento, que é voltado para estudantes de graduação e pós-graduação, técnicos, educadores, artistas e entusiastas, e tem por objetivo incentivar, apresentar e divulgar a produção contemporânea de artes visuais em suas diversas expressões, fortalecendo o setor, a economia e o desenvolvimento da cultura”, ressalta Carolina.

 

Passaporte Conversarte

Para quem quiser garantir sua vaga em todos os encontros e ainda pagar menos por isso, a produção do evento abre a possibilidade de adquirir o Passaporte Conversarte, e pelo valor R$ 50,00 conferir os cinco debates. Além do baixo custo, todos os ingressos são transferíveis, isto é, caso quem comprou não possa comparecer em algum dia do evento, poderá entregar sua entrada à outra pessoa. O passaporte é individual e estará à venda na Lots Criativa (Av. Munhoz da Rocha, nº 787 – Cabral) e na Carmesim Espaço de Arte e Design (Rua Dr. Fraive, nº 621 – Centro) a partir de terça feira 2/6, até o dia 16 de julho.

 

Arte na criação

Arte no palco e fora dele. O artista gráfico, designer e ilustrador, Adriano Almeida Gonçalves, conhecido como Catenzaro é o responsável pela criação da assinatura do Conversarte – I Encontro de Arte. Com obras baseadas na colagem manual de recortes, ele mistura papéis, embalagens, impressos, plásticos, tecidos, além de materiais gráficos como tintas e pigmentos. As composições brincam com a combinação de diferentes cores e texturas, propositalmente recortados de forma improvisada. “O simbolismo das asas é uma referência ao evento como um meio de levar o participante onde ele quiser ir depois de se inspirar e aprender com os palestrantes. A colagem dos recortes de papéis que formam as asas é uma referência a forma com que cada indivíduo irá assimilar a experiência do evento, fazendo assim uma espécie de ”colagem” de informações em seu inconsciente. E esta experiência o levará para onde sua vontade e imaginação permitirem”, destaca o artista.

 

Saiba mais sobre os artistas expositores:

 

André Coelho – Há quinze anos, com seu traço apurado, o designer e artista visual André Coelho trabalha ativamente na criação da identidade visual para dezenas de produções de teatro, música e áudio visual.

 

Nicole Gulin – Começou a trabalhar com artes plásticas em 2005, quando produziu os trabalhos que integram a Série Autodidata. Após cinco anos, fundamenta-se em conhecimentos formais e em suas produções está impressa a influência de ter migrado da engenharia civil para a arte. Nicole trabalha com elementos gráficos e demonstra grande força nos desenhos, inseridos na composição da obra pela técnica da assemblage – que reúne desenho, pintura e colagem. Utiliza linguagem contemporânea, em um desenho breve, no qual salienta o material e busca  mais a expressão do que a forma. A partir de fotografias de familiares e amigos, trabalha a simplificação das imagens nos traços.

 

Guilherme Zawa – Bacharel em Relações Internacionais (Unicuritiba) e Fotografia (Centro Europeu) é artista visual e considera-se um agitador cultural. Foi diretor do CLIF – Curitiba Luz Imagem Fotografia (2013), coordenador geral da Semana da Foto em Curitiba (2011/12), fotógrafo autoral e publicitário, também atua como coordenador da agitadora cultural Guerrilha Fotográfica, uma das idealizadoras do projeto Galeria do Bem, projeto social que visa o financiamento de instituições pela venda de arte on-line. É membro do coletivo fotográfico Curitibano Imagem da Palavra.

 

Rafael Urban – Formado em Jornalismo, posteriormente estudou na pós-graduação em História da Arte (UEP), é cineasta, produtor e curador. Seus trabalhos em vídeo foram apresentados em 25 países e fazem parte do acervo de instituições como Videobrasil (Brasil) e Centro Georges Pompidou (França). Seu trabalho mais conhecido é Ovos de Dinossauro na Sala de Estar (2011), apresentado em 130 mostras e festivais, que recebeu 21 prêmios e foi selecionado para o programa Um Olhar Contemporâneo. Coordena o projeto Ficção Viva, que realiza workshops no Brasil com cineastas e artistas como o português Miguel Gomes, a argentina Lucrecia Martel e o brasileiro Karim Aïnouz. Como produtor, seu primeiro longa-metragem é O Touro (2015), de Larissa Figueiredo, que teve sua estréia no 44o Festival Internacional de Cinema de Roterdã, na Holanda.

 

Thiago Syen – é graduado em Licenciatura em Artes Visuais (UTP) e trabalha como artista visual, educador de artes e Bike Messenger. Iniciou sua trajetória como artista em meados de 1997.O trabalho desenvolvido pelo artista na Conversarte será construído a partir de objetos, registros, memória  e pintura, resultado das experiências do artista envolvendo a bicicleta e o graffiti.

 

 

Saiba mais sobre os palestrantes:

 

Elifas Andreato – Artista gráfico e jornalista, com mais de quarenta anos de atividade como artista plástico, Elifas é especialmente reconhecido como ilustrador de inúmeras capas de discos de vinil nos anos 70.

 

Ziraldo – Cartunista, pintor, cartazista, jornalista, teatrólogo, chargista e escritor. É o criador de um dos personagens de grande destaque no Brasil, “O Menino Maluquinho”, do livro foi adaptado com grande sucesso para o teatro, quadrinhos, ópera infantil, videogame, Internet e cinema.

 

Walter Firmo – Fotógrafo, jornalista e professor, Walter Firmo, considerado como um dos mais importantes autores a trabalhar com fotografia colorida no Brasil, e um dos primeiros a valorizar e divulgar a cultura negra em seu trabalho.

 

Bob Wolfenson – Uma das referências nacionais como retratista, fotógrafo de nus e de moda, transita entre a publicidade e a arte. Sua consagração como fotógrafo veio após a exposição “Jardim da Luz”, em 1996, no Museu de Arte de São Paulo.

 

Fernando Meirelles – Cineasta, produtor e roteirista brasileiro que ganhou notoriedade internacional com o filme Cidade de Deus (2002), pelo qual foi indicado ao Oscar de Melhor Diretor em 2004. Posteriormente, passou a dirigir filmes estrangeiros, como O Jardineiro Fiel (2005), pelo qual foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Diretor e Ensaio sobre a Cegueira (2008), baseado no romance homônimo de José Saramago

 

Marcos Magalhães – Autor de diversos curtas-metragens em animação, entre os quais “Meow!”, ganhador do Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes 1982 e “Animando”. Responsável pela implantação do primeiro curso profissional de animação realizado no Brasil, é também o criador e animador do ratinho de massinha do programa de TV “ Castelo Rá-Tim-Bum”. Desde 1993, Marcos é um dos fundadores e diretores de Anima Mundi, Festival nternacional de Animação do Brasil, hoje um dos cinco principais eventos de animação no mundo.

 

Leandro Erlich – Artista argentino de grande renome internacional. É conhecido por suas instalações interativas e realiza um trabalho que a presença do público é essencial. Sua temática gira em torno da desconstrução da realidade.

 

Alexandre Orion – Artista multimídia, sua atividade artística tem influência da cultura urbana e do universo do grafite. É um dos precursores do estilo conhecido como “reverse graffiti”, trabalha explorando partes ocultas das cidades, interagindo com os passantes, e tornando parte de sua obra artística.

 

Ronaldo Fraga – Um dos principais estilistas no processo de criação de um design de moda com DNA brasileiro. Seus desfiles estabelecem diálogo da cultura brasileira com o mundo contemporâneo. Ronaldo Fraga é reconhecido pela capacidade criativa de propor coleções e projetos de moda que reduzem o distanciamento da produção industrial e artesanal no Brasil.

 

OSGEMEOS – Gustavo e Otávio Pandolfo utilizam linguagens visuais combinadas, o improviso e seu mundo lúdico para criar intuitivamente uma variedade de projetos pelo mundo. A dupla encontrou uma conexão direta com seu universo mágico e dinâmico e um modo de se comunicar com o público. Exploram com dedicação e cuidado as diversas técnicas de pintura, desenho e escultura, e tem as ruas como seu lugar de estudo.

 

 

Sobre a Montenegro Produções Culturais

Sediada em Curitiba, com atuações em SP, RJ, PE e RN, a Montenegro Produções Culturais surgiu com o intuito de integrar inteligência e criatividade, criar conexões planejadas e estratégicas e promover eventos relacionados à arte, educação, esporte, cidadania e ações corporativas. Presente no mercado há sete anos, a produtora registra em seu currículo a idealização e execução de cinco festivais de teatro infantil, quatro festivais de música, além de exposições de arte, eventos de circulação de teatro, mostras de fotografia e projetos de literatura.

 

 

Programação:

16/7/2015 – Quinta Feira – Elifas Andreato e Ziraldo

Exposição: André Coelho

 

13/8/2015 – Quinta Feira – Walter Firmo e Bob Wolfenson

Exposição: Guilherme Zawa

 

10/09/2015 – Quinta Feira – Leandro Erlich e  (…).

Exposição: Nicole Gulin

 

15/10/2015 – Quinta Feira – Marcos Magalhães e Fernando Meirelles

Exposição: Rafael Urban

 

27/11/2015 – Sexta Feira – Ronaldo Fraga e os Gêmeos

Exposição: Thiago Syen

 

 

Serviço:

I Encontro de Arte – Conversarte

Site: montenegroproducoes.com/conversarte

Datas: 16/7 – 13/8 – 17/09 – 15/10 – 27/11

Informações: 41 30571069

Local: Teatro Bom Jesus – Rua 24 de Maio, 135 – Centro, Curitiba.
Ingressos à venda pelo Disk Ingressos: R$ 26,00 (Inteira) e R$ 16,00 (Meia Entrada)

MEIA-ENTRADA

Para estudantes de 1º, 2º e 3º grau incluindo Graduação, Pós-Graduação, Especialização, Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado mediante a carteira de estudante no ato da compra, com apresentação da Carteira de Identidade na entrada (portaria) do Evento. A carteira de estudante deverá estar rigorosamente dentro do prazo de validade, e acompanhada da Carteira de Identidade para comprovação de autenticidade do titular.

Para pessoas acima de 60 anos, mediante apresentação da Carteira de Identidade, expedida pelo órgão competente, no momento da compra do ingresso e na entrada do evento.

Para doadores de sangue com carteira comprobatória.

Para professores do ensino público e privado mediante a carteira de identificação no ato da compra e apresentada juntamente com a Carteira de Identidade na entrada do evento.

Para deficientes físicos nos eventos realizados em todos os locais públicos de cultura, em casa de diversões, espetáculos, praças esportivas e similares do Estado do Paraná.

DESCONTOS ESPECIAIS

Desconto sobre o valor da Inteira para:

50% de desconto sobre o valor da Inteira para:

Cartão Fidelidade Disk Ingressos (para o titular e um acompanhante)
Clube do Assinante Gazeta do Povo (Titular)
Clientes FNAC (para o titular e um acompanhante)
Funcionário Bom Jesus e FAE, mediante comprovação com crachá ou holerite na compra e na entrada do evento. Válido somente para o funcionário.
Clube de Vantagens dos ex-alunos da FAE, mediante comprovação com a carteirinha, na compra e na entrada do evento. Válido somente para o titular da carteirinha.

 

Cadastro para imprensa

 

Preencha o formulário e aguarde confirmação de recebimento via email.

 

Comente