Boas Novas 

CURUPIRA ENCERRA TEMPORADA DO II FESTIVAL DE TEATRO INFANTIL – BRINQUE, LENDAS BRASILEIRAS

 “O famoso personagem folclórico,  defensor da fauna e flora, fecha nos próximos dias 29 e 30 de agosto, o calendário 2015 de apresentações do festival, no Teatro Bom Jesus”.

 

Habitante das florestas, protetor de sua flora e fauna contra os caçadores, o menino ruivo, com os pés ao avesso e calcanhares para frente, o “Curupira” encerra a temporada 2015 do “II Festival de Teatro Infantil – Brinque, Lendas Brasileiras”, que fez sua estreia em março em Curitiba. Com realização do Ministério da Cultura, apresentação da Montenegro Produções Culturais e apoio do Hospital  Pequeno Príncipe, a lenda ganha uma versão inédita com o espetáculo “Uma História do Curupira”, através da Mataveri Produções Culturais e Cia Pé no Palco. As apresentações do musical infantil acontece nos próximos dias 29 e 30 de agosto, no Teatro Bom Jesus (R: 24 de maio, 135), às 16horas. Toda a renda da bilheteria será doada ao Hospital Pequeno Príncipe.

 
Na montagem que traz Fátima Ortiz e Rosy Greca no mesmo palco após um hiato de dez anos, a história visita os principais contos lendários da Amazônia, resgata a contação de histórias, prima pela linguagem simples e brinca com o público. O enredo envolve as pessoas e aguça o pensar e a conscientização sobre o futuro do meio ambiente. Enquanto semeia flores para alegrar a natureza, Curupira surpreende os atores com suas peraltices. “É uma grande honra encerrar o festival com Fátima e Rosy dividindo o mesmo palco. O resultado mostra o quanto as equipes de produção e criação artística estão integradas no propósito maior desse projeto, em formar plateias mais críticas e conscientes do seu papel na sociedade”, destaca Carolina Montenegro, diretora da Montenegro Produções Culturais.

 

 

A segunda edição do Festival Brinque – Lendas Brasileiras contou com seis montagens inéditas e reuniu um público estimado em mais de 5mil pessoas. Contações de histórias e apresentações exclusivas aos alunos da Associação Eunice Weaver também integraram a programação do projeto, que retorna em 2016 com o II Festival de Teatro Infantil – Era uma Vez…Eram duas…Eram três.

 

 

Mais sobre a lenda Curupira

O Curupira  é uma lenda amazônica, que  revela a relação dos índios brasileiros com a natureza, indicando que  não é uma relação de exploração, de uso indiscriminado dos  recursos naturais,mas de respeito pela vida. Ele é  o protetor daqueles que sabem se relacionar com a natureza, utilizando-a apenas para a sua sobrevivência.

 

Reza a lenda, que o homem que derruba árvores para construir sua casa e seus utensílios, ou ainda, para fazer o seu roçado e caçar apenas para alimentar-se, tem a proteção do Curupira. Mas aqueles que derrubam a mata sem necessidade, os que caçam indiscriminadamente, estes têm no Curupira um terrível inimigo e acabam caindo em suas armadilhas.

 

Curupira é  o guardião das florestas e dos animais. Possui traços de índios, cabelo de fogo e os pés virados para trás. Dizem que possui o dom de ficar invisível.    Para se vingar dos predadores  o Curupira se transforma em caça.

 

Pode ser um paca, onça ou qualquer outro bicho que atraia os caçadores para o meio da floresta, fazendo-o perder a noção de seu rumo e ficar dando voltas no mato, retornando sempre ao mesmo lugar.  Outra forma de atingir os maus caçadores é fazendo com que sua arma não funcione ou fique incapaz de acertar qualquer tipo de alvo, principalmente a caça.

 

Os ingressos já estão disponíveis a R$16,00 (inteira) e R$11,00 (meia-entrada). A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE). Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos e clientes FNAC, possuem 50% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. Funcionário Bom Jesus e FAE, possuem 50% de desconto na compra de um bilhete, mediante comprovação com crachá ou holerite na compra e na entrada do evento. Associados ao Clube de Vantagens dos ex-alunos da FAE, possuem 50% de desconto na compra de um bilhete por titular, mediante comprovação com a carteirinha, na compra e na entrada do evento. ****Já está incluso R$6,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa administrativa Disk Ingressos. Os bilhetes podem ser adquiridos através do Disk Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11h às 23h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, – e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação – de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9hs às 18hs), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12h às 21h)  e pelo portal www.diskingressos.com.br. É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do teatro.

 

Mais sobre o II Festival Infantil – Brinque, Lendas Brasileiras

“II Festival de Teatro Infantil – Brinque, Lendas Brasileiras” dá sequência aos festivais promovidos pela Montenegro Produções. No ano de 2013, o Brinque, em sua primeira edição, apresentou para as crianças oito peças de leituras já consagradas. Já, em 2014, foi a vez da magia e encanto das narrativas de contos de fadas no festival “Era uma vez…eram duas, eram três”,  com seis peças de contos clássicos conhecidos. A ideia dos festivais é contribuir para a formação de jovens plateias e incentivar o desenvolvimento da sensibilidade e criatividade por meio do contato com a linguagem artístico-musical. O Brinque pretende voltar às atenções para o teatro infantil, gerando novas oportunidades, além de democratizar o acesso à cultura para as crianças.

 

Com tanto acesso a tecnologias na infância, o brincar vêm se perdendo aos poucos, contudo, o Brinque nasceu com a ideia de renovar e fortalecer a formação de plateia do segmento de artes cênicas, levar por meio da música e do teatro, crianças e adultos a viajar na cultura brasileira, vivenciando as histórias do imaginário popular sem depender de recursos tecnológicos utilizando apenas a criatividade e imaginação.

 

De acordo com Rosy Greca, idealizadora de três adaptações para o “Brinque, Lendas Brasileiras”, o meio tecnológico no qual a infância contemporânea está inserida, deve incluir as nossas raízes culturais, bem como a produção artística em geral e não refutá-las, ignorá-las ou simplesmente aniquilá-las. O grande desafio, portanto, é promover o equilíbrio, o diálogo criativo e salutar entre a tecnologia, as riquezas folclóricas e as manifestações artísticas.

 

Desenvolvido com incentivo fiscal, por meio da Lei Rouanet, o projeto será executado com patrocínio de empresas do Paraná,  Santa Catarina e Rio Grande do Sul, dentre elas: UEG Araucária, Nórdica Veículos, Rocha Terminais Portuários, Expresso Jundiaí, Komatsu, Ciapetro, Franklin Eletric, TratorNew, Methal Company, Cesbe AS Engenharia, Furukawa, Agrícola Horizonte,  Perkons, Deycon, Madal Palfinger, Engepeças, Florença Caminhões, Delta Cable, Balaroti, Slaviero Hotéis, Sebba Madeiras, Mag Paraná, Gran Sappore, Fiorelo Pegoraro, Tecnologia em cabos de Aço Brascabo LTDA, Brasil Telecom, Boulos e TratorMix.

 

 

Uma História do Curupira – Ficha Técnica
Texto e direção: Fátima Ortiz
Elenco: Fátima Ortiz e Rosy Greca
Voz off: José Augusto Bergossi
Composição musical: Rosy Greca
Cenário: Fernando Marés e Ricardo Alberti
Figurinos: Carmen Rodriguez
Iluminação: Daniel Valenzuela
Arranjos: Ervin Fast
Estúdio: No Estúdio do Troy
Assistência de produção: José Augusto Bergossi
Produção Executiva: Mataveri Cultural
Projeto Brinque Lendas Brasileiras: Montenegro Produções Culturais

 

SERVIÇO:
II Festival Brinque de Lendas Brasileiras
Espetáculo “Uma História do Curupira

Local:
 Teatro Bom Jesus (R: 24 de maio, 135)
Quando: 29 e 30 de agosto de 2015 (Sábado e Domingo)
Horários:  Abertura do teatro: 15h30 / Início do espetáculo: 16h
Tempo do Espetáculo: 50 minutos
Ingressos

Valores:
R$16,00 (inteira) e R$11,00 (meia-entrada).
***A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE).
***Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos e clientes FNAC, possuem 50% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. Funcionário Bom Jesus e FAE, possuem 50% de desconto na compra de um bilhete, mediante comprovação com crachá ou holerite na compra e na entrada do evento.  Associados ao Clube de Vantagens dos ex-alunos da FAE, possuem 50% de desconto na compra de um bilhete por titular, mediante comprovação com a carteirinha, na compra e na entrada do evento.
***Já está incluso R$6,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa administrativa Disk Ingressos.

Forma de Pagamento: Dinheiro e cartões de crédito/débito Visa e Mastercard.

Pontos de Venda: Disk Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, –  e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação – de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs) e pelo portal www.diskingressos.com.br .
***Entrega em domicílio com taxa de entrega.
Classificação etária: Livre
Informações p/ o público: (41) 33150808 / 2105-4034
Realização: Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet, e da Montenegro Produções Cultural.
Apoio: Hospital Pequeno Príncipe

 

Informações para Imprensa:
Ana Paulla Righetto
41  91177109
nanarighetto@gmail.com

Comente