Boas Novas 

Montenegro Produções Culturais e Sandra Hiromoto: juntas pela arte

A próspera parceria entre a empresa e a artista é exemplo de como unir objetivos em prol da realização de projetos culturais

 

 

 

Com carreira de destaque no universo da arte contemporânea, Sandra Hiromoto coleciona premiações no Brasil e no exterior. De formação acadêmica heterogênea, que passa pelo desenho industrial, o marketing e por poéticas no ensino da arte, suas pesquisas relacionam-se com práticas de intervenções urbanas e instalações baseadas na técnica da pintura.

A estreita ligação com a cultura japonesa aliada à apropriação de elementos da street art fazem da expressão de Sandra Hiromoto um espaço único de experimentos e sensações. Entre os destaques de sua trajetória está a exposição individual “Heart” no Brazilian Art Festival, no Japão; a premiação na Biennale d’Art Contemporain Brésilian, na França; o trabalho como designer no livro “A Mulher que não queria acreditar”, de Fernanda Takai; a obra que está no acervo do Palácio Imperial de Tokio; a identidade visual do Festival Internacional de Cinema – Olhar de Cinema; entre tantos outros.

Há alguns anos, os caminhos da artista começaram a se cruzar com os da Montenegro Produções Culturais. Um dos primeiros frutos dessa parceria se deu em 2014, na mostra coletiva “Poty por ti”, oportunidade em que Sandra expôs seu olhar sobre a obra de Poty Lazzarotto a partir da conexão entre moda e artes visuais, numa instalação que contou com diversas tendências presentes na poética da artista. Desde então, a relação se intensificou, abrindo portas para interesses em comum e novas possibilidades de conceber, viabilizar e realizar iniciativas culturais inéditas.

Dois projetos exclusivos que estão por vir marcam a consolidação dessa estratégia de união entre artista e produtora: a Casa dos Sentidos e o Interafetividade. No primeiro, Sandra Hiromoto integra o coletivo que irá promover a experiência de encontro entre crianças autistas e a expressividade da arte. Conduzindo a oficina de pintura com enfoque no sentido da visão, ela desenvolverá, num processo de construção de significados, uma obra inédita que ficará em exposição na instalação sensorial que dá nome ao projeto.

Já em Interafetividade, a proposta é entrelaçar duas poéticas: a arte visual de Sandra Hiromoto e a poesia de Fernanda Takai. O resultado será um diálogo tecnológico em exposição que desafiará a percepção do espectador a partir de sons, vozes, traços, planos, palavras e imagens, numa sinestesia de ressignificações.

A Montenegro Produções Culturais enxerga esse modelo de parceria como um propulsor na carreira de artistas e um multiplicador de possibilidades para a realização de projetos. Desse modo, oferece planos de gestão cultural para artistas que dialoguem com os conceitos e perfil da empresa. São consultorias destinadas à promoção profissional baseadas em estratégias que incluem a elaboração de portfólio, mapeamento de oportunidades e inscrição de propostas em editais de circulação, ocupação de espaços e premiações, além das leis de incentivo nas esferas federal, estadual e municipal. Entre em contato através dos nossos canais de comunicação e descubra como se tornar um parceiro!

 

Comente