Pelo Mundo 

O círculo das cores

Nascida na Austrália e hoje vivendo no Canadá, Elspeth McLean é uma entusiasta das cores. Seu trabalho é ponto por ponto, círculo por círculo. São símbolos de unidade e do infinito, além de espaço de meditação, segundo definição da própria artista.  O objetivo é despertar aquele olhar de criança que temos dentro de nós, sob a perspectiva da curiosidade e fascinação.

 

Para criar cores tão intensas e vibrantes, McLean se utiliza da sobreposição de camadas de tinta. Cada pequeno detalhe possui ao menos três níveis de coloração, conferindo o efeito característico e original das criações e a coesão de seu trabalho.

 

Os círculos estão por toda a parte em espirais de pontos coloridos. Tampas de garrafa, Cds, anéis, xícaras, frascos, enfim, a artista é dona de uma coleção de objetos circulares que servem de modelo e inspiração. Pequenos detalhes, feitos com pequenos pincéis, de forte apelo tátil. Aliás, ela assina suas obras com as iniciais EM, em braile.

 

De mandalas psicodélicas pintadas em pedras encontradas nas praias do Canadá até capas para I-Phone e I-Pad, as criações são sucesso de venda na internet e estampam ainda camisetas, canecas, almofadas e calendários. Confira abaixo um pouco desse infinito de cores:

[Not a valid template]

Comente