Pelo Mundo 

Onde mora a música

Muitas bandas brotaram das garagens fazendo estremecer as estruturas e os ouvidos da vizinhança. E para o deleite dos apaixonados por música um projeto em Nova Orleans, nos EUA, está construindo casas que são verdadeiros instrumentos musicais. Os cômodos são todos “tocáveis”, produzindo sons inusitados e originais.

 

Criado em 2008, após a passagem devastadora do furacão Katrina pela cidade, o projeto New Orleans Airlift surgiu como uma maneira de resgatar a autoestima dos músicos locais e a vocação mitológica do berço do jazz. A ideia partiu dos artistas Jay Pennington e Delaney Martin com a colaboração de um coletivo de carpinteiros, ferreiros, arquitetos, técnicos de som e artistas do mundo da música.

 

Após a concepção coletiva das estruturas, as casas musicais foram instaladas num parque, em 2011, formando a “Music Box”, uma espécie de vila experimental que atraiu mais de 15.000 visitantes. Essa primeira experiência trouxe músicos de várias partes do país para um intercâmbio cultural com os artistas locais. Em concertos bastante exóticos conduzidos pelo mestre do jazz William Parker, eles fizeram jam sessions a partir da arquitetura.

 

Michael Glenboski, integrante da equipe de criação, ilustra um pouco essa inovadora iniciativa: “Imagine um piano. Você está fixo com as notas e acordes que você tem. Esta é uma espécie de piano infinito”. Parece loucura? Mas é mais ou menos assim que as casas funcionam. Numa delas, ao pisar no assoalho o visitante produz sons mais graves ou agudos na medida em que vai caminhando. Outra possui cordas ligadas às pás dos ventiladores que permitem mudar a velocidade e o tons produzidos pelos assobios do vento. As “Music Box” ainda contam com percussão em portas e janelas e várias outras surpresas.

 

Como são móveis, as casas passam temporadas em lugares diferentes de Nova Orleans, sempre buscando espaços alternativos e o envolvimento das comunidades. O projeto recebe visitas frequentes de estudantes e está cada vez mais focado na valorização da cena de músicos locais para as performances e improvisações apresentadas. Os organizadores já planejam levar os lares sonoros para outras regiões dos EUA.

[Not a valid template]

Comente