Pelo Mundo 

Sonhos entre paredes

O Pelo Mundo de hoje viaja para um quartinho de três por seis metros na Coreia do Sul. Dentro dele sonhos, memórias, cultura popular coreana, estados de espírito, psicodelia e muita arte.

Trata-se do estúdio da jovem artista Jee Young Lee. Despontando na cena contemporânea, ela trabalha já há alguns anos na série fotográfica “Stage of Mind”. Cada criação é meticulosa, detalhista e releva um olhar muito particular e psicológico que parece ter saído direto do subconsciente de Young Lee.

Ela demora semanas, por vezes meses, para compor cada um dos cenários. E esse tempo não é gasto com ajustes digitais em programas de computador. Não, nada de Photoshop. Com alguns truques de câmera, é tudo real, feito à mão.

Protagonista da série, a artista atua como fotógrafa, cenógrafa, designer, escultora e performer, habitando os palcos de sua mente em autorretratos oníricos.

Vencedora do Sovereign Art Prize, em 2012, Young Lee fez enorme sucesso em sua primeira exposição fora da Coreia do Sul, em 2014, na Opiom Gallery, na França.

Agora ela está em cartaz no Belfast Photography Festival, no Reino Unido, com a série “Stage of Mind”. Além da exposição fotográfica desse trabalho surreal, há a reprodução de uma das instalações – chamada Quarto do Pânico – em que o público pode entrar e interagir.

Dá uma olhada nas fotos e veja quanta imaginação, criatividade e paciência podem caber em poucos metros quadrados:

[Not a valid template]

Comente