A Economia Criativa pelo Mundo

Você sabe o que é Economia Criativa? Antes de mais nada é um termo relativamente novo. Surgiu há mais ou menos 20 anos e por isso ainda causa um pouco de dúvidas. Causa tantas dúvidas que você pode já fazer parte da economia criativa e nem saber! Este termo está diretamente ligado à negócios que trazem produtos ou serviços desenvolvidos a partir da criatividade; o criador do termo, John Howkins, a definiu como“atividades nas quais a criatividade e o capital intelectual são a matéria-prima para a criação, produção e distribuição de bens e serviços”. Portanto, a economia criativa é o setor econômico que possui a criatividade como base para as suas atividades e este setor pode englobar diversas áreas como: arquitetura, artes cênicas, artes e antiguidades, artesanato, cinema, design, editoração e publicações, publicidade, moda, vídeo, televisão, rádio, games e música.

O Setor Criativo

Segundo a ONU, as atividades deste setor produzem bens intelectuais e artísticos com conteúdo criativo e valor econômico. De acordo com um estudo feito pela Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro), no Brasil o setor criativo já  criou 1 milhão de empregos diretos, envolvendo 200 mil empresas e instituições e mais de R$ 10 bilhões em impostos. O estudo também mostrou que esse setor apresentou um crescimento médio anual, entre 2012 e 2016, de cerca de 9,1% ao ano e que para os anos seguintes seu potencial de crescimento é de, aproximadamente, 4,6 % ao ano. A economia criativa é um setor que busca apresentar produtos inéditos e solucionar os problemas das pessoas de forma inovadora e impactante, como foi o caso do Uber, que proporcionou um transporte barato, rápido e confortável, sem que fosse necessário comprar um carro.

Portanto, para estar na Economia Criativa, o profissional deve ser antenado nas tendências, pesquisar sempre, perceber as dores e necessidades dos consumidores à sua volta, ser proativo e, é claro, trabalhar sua criatividade. Para inspirar e criar insights, separamos alguns exemplos pelo Mundo:

Brasil

Os brasileiros Murilo Sella e Raphael Reis criaram o Instaphoto, um dos maiores serviços de cabines fotográficas e impressões instantâneas do país e que já é uma referência no setor. A empresa se destacou por conseguir dar uma cara única e vintage às cabines fotográficas. Estas que são feitas sob medida (para eventos de empresas ou festas de casamento, por exemplo) e se tornam um grande atrativo das festas. As pessoas ficam curiosas, entram, posam várias vezes, e recebem a foto impressa na hora.

brasil.png

México

O artesanato tradicional indígena foi a inspiração do Taller Flora, um estúdio de design de moda no México. Carla Fernandez, sua fundadora, percebia como a tecelagem tradicional do país corria risco frente a moda das grandes marcas. Então para proteger esse patrimônio cultural, ela resolveu unir o artesanato com o design de moda, gerando uma marca própria; e fortemente vinculada aos povos indígenas mexicanos. Carla fez com que o mundo visse com outros olhos o artesanato têxtil dos indígenas mexicanos.

mexico

Índia

A Only Much louder é a primeira agência indiana para representar grupos e bandas independentes. Após desistir da faculdade, seu fundador começou a trabalhar com grupos independentes como hobby. Logo se envolveu com a criação de uma gravadora alternativa, a Counter Culture Records. Assim como de uma produtora de vídeos, a Babblefish Productions – todos braços da Only Much Louder, que já viabilizou mais de quinhentos festivais e concertos independentes no país.

india

Estados Unidos

Um café da manhã e uma palestra criativa, essa é a proposta da CreativeMornings! Todos os eventos são gratuitos e abertos a quem estiver interessado. A ideia surgiu em Nova York, em 2008. De lá pra cá, se espalhou para mais de 160 cidades no mundo. Os participantes se reúnem em diversas cidades para debater, uma vez por mês, um tema relacionado à criatividade. Assuntos como amor/relacionamentos, mistério, mágica e etc, são discutidos com escritores, designers, artistas e indivíduos com interesses em comum.

eua

Menu