Fotos: Brunno Covello

Marcos Scorzelli

Marcos Scorzelli é carioca, graduado em design pela PUC-Rio. Com seu pai, o artista plástico e arquiteto Roberto Scorzelli (1938-2012), criou a premiada Scorzelli Arquitetura e Design e desenvolveu o conceito de esculturas de animais em dobraduras de chapas de aço. Os bichos de Scorzelli são todos desenvolvidos a partir de uma forma geométrica inicial – um círculo ou retângulo – para em seguida serem transformados pelo designer em um objeto espacial complexo, apenas com a interferência de movimentos precisos. O resultado é uma fauna minimalista e muito colorida, formada por diversos bichos que chegam até três metros de altura, como girafas, polvo, ema, elefante, beija-flor, bicho preguiça, touro, coelho e capivaras, que propiciam inúmeras conexões imaginativas e inventivas e estimulam de forma divertida a cognição de pessoas de todas as idades e classes sociais.

Felipe Guerra

Um dos mais renomados arquitetos e urbanistas do Paraná. Cenógrafo, Diretor de Arte, Carnavalesco de destaque é também sócio do Jaime Lerner Arquitetos Associados. Desenvolve projeto em diversas escalas, da urbanização de cidades até projetos de interiores e paisagismo, no território nacional e internacional, atuando em cidades como Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Aracajú e Cuiabá e em países como Brasil, Argentina, Rússia, Angola e México. No âmbito da cenografia, realiza projetos para as empresas como a Roca, Incepa, Coca Cola, Chilli Beans, Rede Globo, Gazeta do Povo e para grandes festivais como a TribalTech, Warung Day e Estação Pedreira. Misturando as suas experiências e o seu talento orgânico criativo, os torna destaque também como diretor de arte no Brasil. Realizou espetáculos no formato de musical como Queen Concert, Abba Symphonic, Las Óperas, Classic Games, Alice e o Natal das Maravilhas, Ópera da Serra da Capivara e a Parada de Natal do Batel.

Ficha Técnica

Menu