O entulho e o design de estruturas gigantescas

Seth Clark é um Designer Gráfico americano. Ainda trabalha com trabalhos impressos na área do Design, por nossa sorte, mas seu trabalho com colagens merece uma atenção especial. Quase como todo grupo, coletivo, agência que deu u está dando certo ultimamente, ele conheceu esta mídia enquanto cursava Design Gráfico na Rhode Island School of Design. Em seu processo artístico, estruturas gigantescas entram em colapso consigo mesmas, e o que sobra disso é somente uma suave lembrança visual daquilo que uma vez foi um edifício de vários andares. Estudando estas estruturas, o artista percebe algo como um campo energético, algo muito presente que transcende e que deseja escapar, sair do confinamento do concreto, como uma entidade presa num corpo imóvel lutando para viver sua vida fora do confinamento de suas barreiras estéticas.

Clark percebe isso e transforma esse campo em algo abstrato como se fosse a alma da arquitetura que estivesse gritando para ser liberta da solidão de seu confinamento eterno. Basicamente, ele deteriora estruturas arquitetônicas criando novas formas totalmente inusitadas e maravilhosamente entulhada de detalhes que lhe dão poder, riqueza, impacto visual e aguça a percepção do espectador. Ele recria estruturas impossíveis que surgem diretamente de seu vasto repertório de signos e sua multitude de prédios nos mais variados distritos por onde passou.

Menu