O shampoo usado até o frasco

A busca por soluções “lixo zero” às vezes leva para um caminho complicado, quase impossível de segui-lo. Mas, ideias como a da designer Mi Zhou fazem clarão nesta estrada, revelando que tudo pode ser mais fácil e simples do que parece. Ela é responsável pela criação de embalagens de shampoo totalmente livres de resíduos isso porque criativamente usa o próprio sabão para compor os invólucros. Isso quer dizer que o usuário após o término do shampoo, pode usar o próprio recipiente como sabonete.

Atualmente, já existem opções de shampoos sólidos desenvolvidos por marcas brasileiras – o que também elimina o uso de embalagens plásticas -, mas esta proposta é realmente nova. A ideia do projeto “Soapack” é usar o sabão como embalagem também para outros produtos de higiene pessoal. O setor é bastante promissor, uma vez que representa grande impacto ambiental. E isso se dá pelos diversos usos de plástico, que vem sendo questionado com veemência, inclusive nas composições em forma de microesferas plásticas. Um aspecto interessante do shampoo de sabão, criado pela designer, está na beleza. Partindo do princípio que as pessoas são mais propensas a guardarem frascos de perfume (ou ao menos, a não tratá-los como descartáveis), ela se inspirou neste tipo de embalagem para desenvolver suas criações.

Menu