Primeiro Projeto Cultural

Elaborar um projeto cultural está longe de ser um bicho de sete cabeças. Caso você tenha claro as respostas para as questões: o que, como, onde e porque. Apesar de o projeto cultural exigir respostas para todas essas questões, isso não significa que ele seja um documento de leitura cansativa, subjetiva e com pormenores excessivos e desnecessários. Muito pelo contrário, um projeto deve ser sucinto, escrito com textos articulados e coerentes. Esse viés decorre até mesmo pelo fato de que o projeto é elaborado com o propósito de pleitear recursos tanto no setor público (leis de incentivo à cultura via mecenato ou fundo) quanto pelo setor privado e terceiro setor.

O projeto cultural

projeto cultural é um instrumento técnico, estratégico e de comunicação com duração definida, objeto específico, recursos limitados e autonomia, cujo eixo central é a cultura. Seu objetivo é promover a cultura em toda e qualquer linguagem artística. Já o legado de um projeto cultural é o desenvolvimento de produtos artísticos culturais na forma de serviços, ações e resultados para a população.

O leque de produtos que podem ser desenvolvidos por meio de projetos culturais é imenso: edição de livro, produção de CD, pesquisa para publicação, restauração de museus, produção de filmes, organização de workshop, exposição de arte, apresentação de peça teatral e promoção de festival de música são alguns dos inúmeros exemplos do que se pode produzir.

Portanto, não existe modelo único, na medida em que o escopo do projeto cultural dependerá do produto, serviço ou bem a ser produzido, do tamanho e da complexidade, bem como do contexto em que está inserido. E  não existe receita de bolo, o projeto deve ser capaz de, por si só, comunicar de forma objetiva o que se pretende fazer.

Vale enfatizar que:

  • A construção bem estruturada desse instrumento possibilitará que a execução ocorra da forma segura e mais próxima possível do previsto;
  • Além de nos proporcionar uma visão clara, objetiva, sequenciada e completa; de todo o trabalho a ser realizado para atingir o objetivo;
  • É com os procedimentos continuados de controle e monitoramento que poderemos realizar os ajustes necessários para que o projeto caminhe na direção desejada.

Etapas

projeto cultural é composto por quatro etapas ‑ elaboração, execução, prestação de contas e encerramento. Com características e especificidades próprias, cada uma delas é fundamental para a consecução da etapa posterior. Cada fase apoia-se na anterior e, portanto, esta deverá ser bem construída para dar o suporte necessário à fase seguinte. Trata-se, então, de um processo semelhante a qualquer projeto que percorre a sequência planejamento, conceituação, conclusão e encerramento.

A elaboração engloba as duas primeiras etapas do ciclo de vida de um projeto, ou seja, a conceituação e o planejamento. A execução, que também pode ser chamada de produção, é a fase de operacionalização, acompanhamento, controle e possíveis ajustes durante a execução do projeto.

Já a prestação de contas é o momento de comprovar a realização dos produtos culturais. Como bens, serviços, ações ou resultados culturais, que propusemos desenvolver; bem como demonstrar a realização dos pagamentos, conforme previsto no quadro orçamentário. Por fim, o encerramento é a etapa em que os relatórios são elaborados e são feitas as respectivas avaliações do projeto cultural.

Menu