Projeto VIDA ressignifica muros da Associação Beneficente São Roque com arte em grafitti

Ressignificar as marcas deixadas pela pandemia de Covid-19 apresentando um recorte sobre como nossas vidas foram reconstruídas após o isolamento social, com novos hábitos, posturas e pensamentos. Este é o intuito do projeto cultural VIDA, que nesta semana promoveu um de seus desdobramentos sociais na Associação Beneficente São Roque, em Piraquara.   

Com curadoria do artista visual curitibano Michael Devis, um dos produtores do renomado encontro internacional de grafiteiros Street of Styles, e participação do artista Thiago Gothione, o muro da Associação ganhou uma arte inspirada pelo tema do projeto, executada em colaboração com crianças e adolescentes atendidos pela instituição após uma oficina de grafitti. 

“A proposta é refletir sobre o que passamos e externar de forma mais leve tudo o que aconteceu”, conta Devis, para quem a arte tem um papel muito importante, pois expressa sentimentos, convida à superação e inspira as pessoas a seguirem em frente.

A garota Ísis, de 13 anos, que até então só tinha visto arte em grafitti pela televisão, saiu da oficina sonhando em se tornar uma grafiteira de sucesso. “Dá vontade de sair pintando tudo o que tem pela frente”, contou ela, muito animada. Violoncelista do grupo de cordas da Associação São Roque, Sibele Fernandes, de 16 anos, levou a irmã mais nova – a fofíssima Sofia, de 3 anos – para aproveitar a oficina junto com ela. “Gosto de desenhar, mas essa é primeira vez que faço com spray. Eu achava que era mais fácil”, comparou ela.

O coordenador cultural da Associação, Dieison Lang, 28 anos, participou da oficina de grafitti e também achou a arte mais difícil na prática. Porém, ficou muito feliz com a oportunidade oferecida pelo projeto VIDA. “É muito importante ter esse contato com o grafitti a partir de uma percepção técnica, para que ele seja valorizado como a arte que é”, ressaltou.

Idealizado e realizado pela Montenegro Produções por meio da Lei de Incentivo à Cultura, o projeto VIDA tem patrocínio de Unimed Curitiba, Grupo Barigüi, Greca Asfaltos, Sanepar, Sideral Linhas Aéreas, GDM Genética do Brasil, Peróxidos do Brasil, Jaguá Frangos, Vanleather Indústria e Comércio de Couros, Tecnolimp, BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, BRFértil, Eletrofrio, Schattdecor, Nórdica Veículos, Ravato Combustíveis, Magnetron, Engepeças, Tratornew, MA Máquinas Agrícolas, Magparaná, Agromaster Máquinas Agrícolas, com apoios da Associação Amigos do HC e da Guanabara Produção Cultural.