Qual a importância de construir um projeto cultural relevante e criativo?

No Brasil, os editais culturais são uma fonte de financiamento para diversos projetos. Com o apoio de instituições públicas, privadas ou mistas; muitos programas saíram do papel e tornaram-se realidade, como a produção de espetáculos teatrais, edição de livros ou exposições diversas.

Antes de serem aprovados, eles passam por uma comissão julgadora com profissionais que avaliam cada ponto das propostas. Apenas após a análise, aqueles que seguem as exigências recebem a verba para sua viabilização. Diante disto, é fundamental apresentar um ​projeto cultural​ relevante e criativo que seja atrativo para os apoiadores.

Neste texto, vamos apresentar pontos importantes na hora de construir uma excelente proposta para um projeto cultural. E desta maneira conseguir realizar a ​captação de recursos​ para sua execução.

De que forma chegar nesse resultado?

Planejamento. Esse é o principal caminho para viabilizar um projeto cultural relevante e criativo. Por consequência, conquistar o sucesso desejado sendo mais competitivo ao participar dos editais. E isso começa com a leitura com atenção dos próprios editais.

É preciso compreender qual segmento ele aborda, quais são os itens obrigatórios no projeto e a documentação exigida para a participação. E por fim, o prazo de entrega do produto cultural, bem como as contrapartidas também devem ser vistos. Com essas informações fica mais simples elaborar o planejamento de um projeto cultural competitivo.

Como elaborar o planejamento de um projeto cultural relevante e criativo?

O principal documento que deve ser apresentado ao participar de um edital é o projeto técnico. Nele, deve conter informações essenciais para que os especialistas avaliem a proposta; e por isso, deve conter tópicos com dados fundamentais que respondem a determinadas perguntas comuns.

Ele vai apresentar os objetivos gerais e específicos (O que?), uma justificativa (Por que?), o material-base da produção artística, a estratégia de ação (Como?), o cronograma de execução do Projeto (Quando?) e o orçamento (Quanto?). É importante também inserir o plano de divulgação do produto final e seu plano de comunicação.

Esse documento é uma parte fundamental para que um projeto cultural relevante e criativo atinja seus objetivos. Por isso, quanto maior o número de informações for apresentado, como currículo dos membros envolvidos do projeto e uma carta de anuência, cresce também a possibilidade de se destacar nos editais.

E o que fazer depois?

Com o projeto técnico finalizado é interessante sempre revisar o texto. Não apenas em busca de erros gramaticais, mas como forma conferir se toda a documentação está correta e com claras informações. Logo, ele se torna um documento que organiza todas os dados e ideias a respeito deste produto cultural que deve ser avaliado.

Como apontado desde o início deste texto, demonstrar organização para a comissão de profissionais que irão analisar os projetos faz com que a proposta largue na frente. E é importante destacar que esse documento pode ser utilizado em outras ocasiões, como em eventos da área cultural ou apresentação para possíveis patrocinadores.

Quer saber mais como construir um projeto cultural relevante e criativo? Entre, em ​contato com os especialistas da Montenegro e tenha mais orientações sobre como desenvolver essas questões e alcançar o resultado esperado.

Redação: Luiz Paulo Charleaux

Menu